quarta-feira, 9 de maio de 2012

Alfabetizar através do lúdico

E. M. Heloneida Studart

"Pensando na capacidade intelectual de cada aprendente dos primeiros anos do Ensino Fundamental (1º e 2º ciclos), propomos uma forma diferente de construção do código alfabético, propomos um trabalho que permita o aluno trabalhar de forma subjetiva. Ou seja, o profissional, educador, irá focar nas possibilidades de aprendizagens ao invés das dificuldades - através da leitura semanalmente de gêneros textuais que geraram escritas espontâneas de cada aluno incluso no projeto. A partir destas produções o professor dialogará com o aluno na busca pelo entendimento do código alfabético e, principalmente, do seu processo de autoria."

"A proposta de trabalho da escola tem como meio para atingir objetivos educacionais e pedagógicos a Pedagogia de Projetos que se une às alternativas de ação da Fundação Municipal de Educação: Magia de Ler, Reorientação, Sucateando e Matemática em foco."
    
"Porém é prudente dizer que alguns alunos estão no estágio inicial da alfabetização por um período maior que o planejado através dos ciclos. Alguns alunos que estão cursando o 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental reconhecem apenas algumas letras da Língua Portuguesa. Tendo visto que todos possuem o direito à leitura e à escrita, é prudente a escola organizar caminhos que façam com que estes sujeitos encontrem prazer em estar na escola."

Obs: Este projeto não deixa de ser também uma experiência de educação integral: 40 crianças, divididas em 4 grupos, são atendidas no contra-turno pela estagiária da rede Profª Alice (graduanda em Pedagogia e formada em Ed. Física). Durante um dia da semana, eles entram 7h30 e saem 17h30 da escola.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...