quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Psicomotricidade na educação infantil

E. M. Tiradentes

"Segundo a LDB 9394/96, art. 29, "a Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até os seis anos de idade em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade"".


"A partir de experiências de movimento, a criança vai então construir a sua motricidade, evoluindo dos exercícios mais simples aos mais complexos, dos mais suaves aos intensos, através de uma dinâmica equilibrada do desenvolvimento psicomotor."


"Assim, para que haja ação efetiva, os profissionais deverão reconhecer a importância da atividade nesta etapa para a formação global da criança."


"Incentivar uma relação saudável com o próprio corpo e o uso dela na aprendizagem é de fundamental importância nesta idade."


"O corpo é usado em brincadeiras, em atividades de arte, música, dramatização, etc. O professor oferece em suas aulas várias opções para a criança adquirir conhecimento de si e do mundo através do uso do movimento corporal."

Utilizando-se da Ginástica Historiada, uma técnica que consiste em relacionar história, brincadeira e movimento, o Professor Wladimir consegue motivar os grupos. As crianças aprendem brincando, movimentando-se conforme os personagens da história e trabalham também o equilíbrio, como no exercício de andar sobre a corda elástica. A alegria de participar da oficina é visível nos alunos.

.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

A horta do ano


A horta do ano é a da UMEI Marly Sarney, que fica em Santa Bárbara, bairro que reúne, como o Barreto, várias escolas (E. M. Rachide da Glória Salim Sacker, E. M. Antônio Coutinho, UMEI Hermógenes Reis e UMEI Marly Sarney, além do Colégio Estadual David Capistrano). Com um espaço limitado de solo bem aproveitado e canteiros criados com materiais recicláveis, a comunidade escolar conseguiu produzir alimentos, condimentos e plantas medicinais. Um exemplo de experiência agroecológica na rede municipal de Niterói!

 Almeirão e couve...

Couve e cheiro verde (salsa e cebolinha)...

Pé de abóbora...

 Tomateiro... 
 
 Pimentão, um dos campeões em agrotóxico, produzido naturalmente...


Parapeito enfeitado...

No espaço bem aproveitado da horta tem até um urucum...

Capim-citronela e hortelã-pimenta: contribuição da E. M. João Brazil.

.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Festa da Primavera

É sempre um privilégio para a equipe do Tempo de Escola prestigiar os eventos que acontecem nas unidades de educação da rede municipal. Destacamos aqui as festas em homenagem à nova estação que aconteceram na UMEI Antônio Vieira da Rocha (Morro do Estado) e na E. M. Demenciano Antônio de Moura (Morro do Juca Branco, no Fonseca). Parabéns a todos os realizadores!









.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Múltiplas linguagens da educação infantil

UMEI Elenir Ramos Meirelles


Assim como a UMEI Julieta Botelho, que fica no Fonseca (Pólo 2), a UMEI Elenir Ramos Meirelles, no Badu (Pólo 4), elaborou um projeto para a educação infantil focado nas múltiplas linguagens. É interessante notar essa afinidade de propostas entre unidades de educação localizadas em diferentes lugares da cidade.


"Esse projeto tenciona ampliar as possibilidades de expressão das crianças e construção de seus saberes, oferecendo aos alunos o tempo, o espaço e o olhar especializado, necessários para a aprendizagem através das múltiplas linguagens. As práticas escolares, de uma maneira geral, valorizam a linguagem verbal, ou ainda o desenho, mas sabe-se que a criança se expressa dentre muitas outras maneiras, através do movimento, da dramatização, das artes plásticas e da música. Apesar de existirem incontáveis linguagens, nesse projeto, selecionamos quatro eixos para comporem nosso trabalho curricular: a linguagem plástica, linguagem musical, linguagem corporal e linguagem midiática."


"Para compreendermos as crianças e favorecermos a aprendizagem, precisamos oportunizar que se expressem através de suas múltiplas linguagens. Para Bakhtin (1992), a linguagem é um elemento fundante da relação do homem consigo mesmo e com o mundo, permeando todas as relações humanas. A linguagem constitui a consciência do sujeito, liberando-o da sua condição de objeto.
Para além da linguagem oral, o homem criou ao longo da história outras formas de representar a realidade e se expressar, com desenho, pintura, escultura, dança e teatro. Oportunizar a criança esses momentos é oprtunizar a sua construção enquanto sujeito e sujeito de seu conhecimento."
 


.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...